EDUCAÇÃO RURAL E EDUCAÇÃO DO CAMPO EM PERSPECTIVA SOCIOLÓGICA

Mara Franco de Sá

Resumo


O presente artigo tem por objetivo refletir sobre as distintas perspectivas sociológicas presentes nas concepções de Educação Rural e Educação do Campo. O estudo foi realizado a partir do diálogo com diversos teóricos da Sociologia, bem como, dos estudiosos da história da educação do campo, entre eles, destacam-se: Durkheim (1999; 2013), Marx (2010), Althusser (1995) e Gramsci (2001) para fundamentar as distintas perspectivas sociológicas aqui destacadas. Para o debate acerca das concepções educativas sobre Educação Rural e Educação do Campo, dialogamos com Freire (1987), Caldart (2009), entre outros. O texto está dividido em quatro partes. Na primeira, apresentamos os antecedentes históricos sociais que antecederam as teorias funcionalista e marxista. Em seguida, tratamos a educação nas perspectivas sociológicas, anteriormente citadas. Na terceira parte, abordamos as concepções de Educação Rural e Educação do Campo e, de que modo, elas dialogam com as perspectivas sociológicas debatidas neste artigo. Por fim, na última parte, apresentamos as considerações finais.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Mara Franco de Sá

 

 Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

ISSN: 2448-0916.

______________________________________________


 DRJI Indexed Journal