A VERDADE NO NEOPRAGMATISMO DE RICHARD RORTY

Adriano Santos Oliveira

Resumo


O presente trabalho tem como proposta uma apresentação e uma análise do pensamento de Richard Rorty acerca da possibilidade da noção de verdade e da mesma ser tida e abordada como objeto final da investigação filosófica. A partir da leitura da obra “Verdade e Progresso”, assim como o auxílio de outras obras do respectivo autor. Em seu percurso Rorty mostra que a tentativa de se alcançar objetivamente a verdade pautada na sua relação com a ideia de real ocasiona complicações dentro da abordagem pragmatista. O papel do conhecimento, segundo Rorty, é o de proporcionar ao ser humano uma melhor vivência, tanto na sua cultura, quanto a si mesmo, sem se esquecer de uma preocupação com as gerações futuras. Para Rorty a filosofia da linguagem é o instrumento capaz de descrever as diferentes formas do mundo. O uso da linguagem está relacionado e conectado diretamente as coisas, ocasionando deste modo para o autor a sugestão de uma mudança na adoção dos vocábulos que foram apresentados pela tradição.


Texto completo:

PDF

Referências


ARAÚJO, Inês Lacerda; CASTRO, Suzana de. Richard Rorty: filósofo da cultura. Curitiba: Champagnat, 2008.

BONDEI, Remo. A filosofia do século XX. Bauru, SP: EDUSC, 2000.

FERREIRA, Arthur Arruda L. pragmatismo e questões contemporâneas. Rio de Janeiro: Arquimedes. Grupo de Trabalho em Pragmatismo, Associação Nacional de Pós-Graduação em Filosofia, 2008.

DAVIDSON, Donald. Ensaios sobre a verdade. São Paulo: UNIMARCO, 2002.

DAVIDSON, Donald. The structure and contend of truth. The journal of Philosophy. LVXXXVII (6), 279-327, junho de 1990.

DAVIDSON, Donald. Truth rehabilitated. In: Brandom, R. (ed) Rorty and his critics. Oxford: Blackwell, 2000.

DEWEY, John. Desenvolvimento do pragmatismo americano. Disponível em Acessado em 14.10.2017

DUMMET, Mchael. Truth and other enigmas. Cambirdge: Havard University Press, 1978.

FRAGA, Marcelo l. Richard Rorty e o debate sobre a questão da verdade. Artigo. Disponível em: . Acessado em 29.01.17

GHIRALDELLI Jr, Paulo. Davidson: a elegância no labirinto da verdade. In: DAVIDSON, Donald. Ensaios sobre a verdade. São Paulo: UNIMARCO, 2003.

___________________. Neopragmatismo e verdade: Rorty em conversação com Davidson e Habermas. São Paulo: FFLCH-USP. 2001b (tese de doutorado).

O pragmatismo e a verdade. Paulo Ghiraldelli Jr. Local: Youtube, 2012. 12:13min. Disponível em: https://youtube/CRjbYz3_JsM. Acessado em: Outubro de 2017.

HAACK, Susan. Filosofia das lógicas. São Paulo: unesp, 2002.

HOTTOIS, Gilbert. Do renascimento à pós-modernidade: uma história da filosofia moderna e contemporânea. Aparecida, SP: Ideias&Letras, 2008.

JAMES, W. Pragmatismo. Os Pensadores. Trad. Franklin Leopoldo e Silva. James & Bergson. São Paulo: Nova Cultural, 1989.

JAPIASSÚ, Hilton; MARCONDES, Danilo. Dicionário básico de filosofia. Jorge Zahar. Rio de Janeiro, 2001.

JOHN, Searle. Rationality and Realism: What Is a Stake?. Daedelus 122, nº 4, 1992.

KIRKHAM, Richard. Teorias da verdade. São Leopoldo: unisinos, 2003.

LALANDE, André. Vocabulário técnico e crítico da filosofia. 3º ed. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

PUTNAM, Hilary. Realism with a human face. Cambridge, Massachusetts: Havard University Press, 1990.

RORTY, Richard. A filosofia e o espelho da natureza. Rio de Janeiro: relume-Dumará, 1994.

_____________. Verdade e progresso. Barueri: manolé, 2005.

_____________. Contingência, ironia e solidariedade. São Paulo: Martins fontes, 2007.

_____________. Objetivismo, relativismo e verdade. Rio de Janeiro: Relume-Dumará, 1997.

_____________. Ensaios sobre Heidegger e outros. Rio de Janeiro: Relume-Dumará, 1999.

RORTY, Richard; GHIRALDELLI JR, Paulo. Ensaios pragmatistas: sobre subjetividade e verdade. Rio de Janeiro: DPA, 2006.

TASKI, Alfred. A concepção semântica da verdade. São Paulo: Unesp, 2007.

WEISZFLOG, Walter. Michaelis: moderno dicionário da língua portuguesa. São Paulo: Melhoramentos, 1998.

WRIGHT, Crispin. Truth and objectivity. Cambridge, Massachusetts: Havard University Press, 1992.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Adriano Santos Oliveira

 

 

 Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

ISSN: 2448-0916.

______________________________________________


 

/ // DRJI Indexed Journal / / / /