O CÍRCULO HERMENÊUTICO GADAMERIANO E O MILAGRE DA COMPREENSÃO

Brenda dos Santos Menezes

Resumo


O objetivo desse trabalho é analisar a hermenêutica filosófica do filósofo Hans-Georg Gadamer, com ênfase em sua principal obra, “Verdade e Método: elementos de uma hermenêutica filosófica (1960)”. Possuindo enorme influência de Heidegger, Gadamer transpõe para sua teoria as ideias desse filósofo sobre linguagem, história, pensamento, e experiência humana, fundamentando assim, sua obra hermenêutica e filosófica. A hermenêutica gadameriana inova, de certa forma, ao apresentar uma nova abordagem no modo de interpretação, na qual grande parte de concepções dogmáticas são debeladas. Para tanto, é buscado na grande contribuição de Gadamer para a hermenêutica: o conceito de círculo-hermenêutico e a importância do mesmo para o processo de compreensão.


Texto completo:

PDF

Referências


GADAMER, Hans-Georg. Verdade e Método: Traços fundamentais de uma hermenêutica filosófica. Tradução de Flávio Paulo Meurer. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 1998.

LAWN, Chris. Compreender Gadamer. Tradução de Hélio Magri Filho. Petrópolis: Vozes, 2007

OLIVEIRA, Daniela Rezende de; MOURA, Rafael Soares Duarte de (Ed.). Apontamentos acerca da pré-compreensão e da compreensão nas Teorias Hermenêuticas de Martin Heidegger e Hans-Georg Gadamer e suas implicações no ato de julgar. Revista do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, Minas Gerais, v. 78, n. 1, p.1-16, mar. 2011.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Brenda dos Santos Menezes

 

 

 Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

ISSN: 2448-0916.

______________________________________________


 

/ // DRJI Indexed Journal / / / /