HEREDOGRAMA X FORMAS GEOMÉTRICAS: interlocuções entre ciências e matemática na infância

José Carlos Pinto Leivas, Ana Raquel Beckmann, Cristina da Silva dos Santos, Rosemar de Fátima Vestena

Resumo


O artigo apresenta um estudo das práticas pedagógicas realizadas em uma disciplina de um mestrado profissional em uma universidade privada do sul do Brasil. O objetivo foi analisar possíveis interlocuções entre as áreas do conhecimento Ciências da Natureza e Matemática, a partir do recurso didático heredograma. Ao desenvolver a disciplina de forma interdisciplinar, realizada com dois professores, atuando simultaneamente na sala de aula, a possibilidade de atingir tal objetivo foi uma construção coletiva, que propiciou inovação para o ensino. Pelas características do heredograma, foi possível envolver conteúdos das duas disicplinas, articulando as peças desse artefato. Nele, estão presentes as formas geométricas nas representações das constituições dos elos hereditários. O experimento foi realizado durante a disciplina ocorrida no primeiro semestre do ano de 2019, para mestrandos pedagogos. Os resultados mostraram ser viável desenvolver a disciplina de forma interdisciplinar, envolvendo dois profissionais de áreas distintas atuando conjuntamente, além de participantes que criaram atividades por meio de jogos que possibilitaram a interlocução de saberes dessas áreas.

Palavras-chave


Formas geométricas. Heredogramas. Práticas pedagógicas.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular(BNCC). Brasília. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/ Acesso em: 12 maio 2019.

L1.

PIMENTA, S. G.; FUSARI, J. C.; PREDROSO, C. C. A.; PINTO, U. de A. Os cursos de licenciatura em pedagogia: fragilidades na formação inicial do professor polivalente. Educ. Pesqui. vol.43. n.1, 2017. Disponível em: . Acesso em: 15 fev. 2018.

PRODANOV, C. C.; ERNANI, C.F.;. Metodologia do trabalho científico [recurso eletrônico]: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. – 2. ed. – Novo Hamburgo: Feevale, 2013. Disponível em: . Acesso em: 24 agos 2019.

V2 2016.

V1, 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 José Carlos Pinto Leivas, Ana Raquel Beckmann, Cristina da Silva dos Santos, Rosemar de Fátima Vestena

 

 Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

ISSN: 2448-0916.

______________________________________________


 

DRJI Indexed Journal