MATERIAIS EDUCACIONAIS DIGITAIS: UMA ANÁLISE SOB A PERSPECTIVA DOS TUTORES NA EAD

Dayane da Silva Rodrigues de Souza, Bruno César Dias de Albuquerque, Zélia Maria Soares Jófili

Resumo


A educação a distância - EAD se destaca por utilizar a tecnologia a favor da realização do seu processo de ensino aprendizagem, dessa forma os materiais educacionais digitais – MED fazem parte deste cenário oferecendo um suporte tecnológico e pedagógico eficiente e motivador para os profissionais e alunos, assim, por compreender a importância deste suporte na educação, esta pesquisa analisou o uso dos MED sob a perspectiva dos tutores da EAD do Instituto Federal do Piauí- IFPI. Este estudo tem um paradigma qualitativo, e utilizou o questionário como instrumento de pesquisa, no qual foi possível identificar a importância dos MED, a necessidade de otimização dos materiais digitais utilizados e de formação especifica para uso deles, além de destacar possibilidades de expansão desses materiais.

Palavras-chaves: Educação a Distância, IFPI, Materiais Educacionais Digitais – MED, suporte tecnológico, tutores.


Palavras-chave


Educação à distância; Materiais Educacionais Digitais – MED; Tecnologia; Ensino; Tutores

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, M. E. B. Educação à distância na internet: abordagens e contribuições dos ambientes digitais de aprendizagem. Educação e Pesquisa, São Paulo, v.29, n.2, p. 327-340, jul./dez. 2003. Disponível em: . Acesso em: 15 jan. 2016.

AMARILLA FILHO, P.. Educação à distância: uma abordagem metodológica e didática a partir dos ambientes virtuais. Educação em Revista, v. 27, n. 2, p. 41-72, 2011.

BEHAR, P. A. (Orgs.) Modelos Pedagógicos em Educação à Distância. Porto Alegre: Artmed, 2009, 316 p.

CANTINI, M. C. et al. O desafio do professor frente às novas tecnologias. In: II Congresso Nacional de Educação, 2006, Paraná, Anais. Pontifícia Universidade Católica do Paraná, (PUC-PR), 2006 p. 875-883. Disponível em: Acesso em: 12 Mai. 2016.

CERVO, A. et al. Metodologia Científica. 6. Ed. São Paulo: Pearson, 2007, 176 p.

CORRÊA, M. A.. Os materiais didáticos como recursos fundamentais de potencialização da qualidade do ensino e aprendizagem na ead. E-Tech, Florianópolis, v. 6, n. 1, p.125-140, 2013.

CUNHA, R. M. et al. Os recursos tecnológicos como potencializadores da interdisciplinaridade no espaço escolar. In: The 4th International Congress on University-Industry Cooperation, Tabauté Anais. University of Taubate (UNITAU), 2012. Disponível em: Acesso em: 12 Dez. 2015.

FALKEMBACH, G.A. M. Concepção e Desenvolvimento de Material Educativo Digital. Revista Novas Tecnologias na Educação, maio. 2005. Disponível em: Acesso em: 10 dez. 2015.

FARIAS, S. C. O Audiolivro e sua contribuição no processo de disseminação de informações e na inclusão social. Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação. Campinas, v.10, n.1, p.31-52, jul./dez. 2012. Disponível em: Acesso em: 12 dez. 2015.

KENSKI, V. M. Educação e tecnologias: o novo ritmo da informação. Campinas, SP: Papirus, 2007, 141 p.

KENSKI, V. M. Tecnologia e ensino presencial e a distância. Campinas, SP: Papirus, 2003, 157 p.

LEITZKE, V.; D. et al. Desafios de ser tutor num curso à distância. Novas Tecnologias na Educação, v. 6 n. 1, p.1-5, Julho, 2008. Disponível em: Acesso em: 20 jan. 2015.

LEKA, A. R.; GRINKRAUT, M. L. A utilização das redes sociais na educação superior. Revista Primus Vitam, nº 7 – 2º semestre de 2014, p 1-13. Disponível em: . Acesso em: 15 dez. 2016.

LITTO, F. M. Aprendizagem a distância. São Paulo: Imprensa Oficial, 2010, 98 p.

MAIA, C.; MATTAR, J. A. ABC da EAD: A educação à distância hoje. São Paulo: Editora Pearson, 2007, 138 p.

MARTINS, H. H.T. S. Metodologia qualitativa de pesquisa. Revista Educação e Pesquisa, São Paulo, v.30, n.2, p. 289-300, mai/ago. 2004. Disponível em: Acesso em: 29 Abr. 2015.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de Metodologia Científica. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2010, 315 p.

MILL, D. R. S. et al. Polidocência na Educação à Distância. São Carlos: EdUFSCar, 2010, 1868Kb, ePUB. Disponível em: Acesso em 10.Nov. 2016.

MINATTI, Z.D. et al. A formação do professor para atuação em EAD nos cursos de pedagogia de Santa Catarina. In: Seminário de Pesquisa em educação da região sul, 2012. Disponível em: . Acesso em: 15 Mai. 2016.

MORAN, José Manuel et al. Novas tecnologias e mediação pedagógica. 6. ed. Campinas: Papirus, 2000, 173 p.

RICIERI, M.; GITAHY, R. R.C. A importância da formação de tutores para sua atuação na educação à distância. Colloquium Humanarum, vol. 9, n. Especial, jul–dez, 2012.

SEVERINO, A. J. Metodologia do Trabalho Científico. 23. ed. rev. e atual. São Paulo: Cortez, 2007, 302 p.

SCHLOSSER, R. L. A atuação dos tutores nos cursos de educação a distância. [email protected] – Revista Digital da CVA – Ricesu. v.6, n.22, fev.2010.

SOUZA, D. S. R. O uso dos Materiais educacionais digitais: limitações, potencialidades e apropriação, 2016, 136 p. Dissertação. Programa de Pós Graduação em Tecnologia e Gestão em Educação a distância. Universidade Federal Rural do Pernambuco

TORI, R. Educação sem distância: as tecnologias interativas na redução de distâncias em ensino e aprendizagem. São Paulo: Senac São Paulo, 2010, 254 p.

WOLYNEC, E. Conectado, o profissional do século 21 é a solução para muitas empresas! TECHNE, 2006, p 1-2. Disponível em: Acesso em 12 set. 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Dayane da Silva Rodrigues de Souza, Bruno César Dias de Albuquerque, Zélia Maria Soares Jófili

 

 

 Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

ISSN: 2448-0916.

______________________________________________


 

/ // DRJI Indexed Journal / / / /